Assuntos de família no discurso toxicômano: impasses

XVIII Conversação Clínica do IPSM-MG e Conversação TyA Brasil

Resenha do evento ocorrido em 27 de maio de 2017.

Selma Pau Brasil

Na abertura da conversação, Ana Lydia – Diretora do IPSM-MG – informa que foi selado um intercâmbio entre o Instituto, a FEMIG e o Instituto de Córdoba, aprofundando assim a troca entre eles.

Em seguida, aconteceu a “Apresentação de pacientes”, conduzida por Lilany Pacheco e realizada no Centro Mineiro de Toxicomania, que propiciou a discussão clínica do caso em questão e, também, os efeitos dessa transmissão na equipe, assim como os efeitos terapêuticos ocorridos no caso após essa entrevista. A Apresentação de pacientes contou, também, com a presença de quem conduz o caso no CMT, ampliando, dessa forma, a discussão do caso. Contou-se, também, com os comentários de Jorge Castilho, do CIEC de Córdoba, Cassandra Dias Farias, da TYA Paraíba e com a coordenação de Maria Wilma Faria, coordenadora da TYA Brasil.

Após a Apresentação de pacientes, Jesus Santiago comentou a edição revisada de seu livro “A droga do toxicômano: uma parceria cínica na era da ciência”, uma publicação da Coleção BIP, da Biblioteca do Instituto de Psicanálise. Seguido de um coquetel e autógrafos embalados pela banda de jazz chamada “Quatro em ponto”.

Depois do lançamento do livro, aconteceu um delicioso almoço para os participantes do evento e, então, iniciou-se a Conversação Tya Brasil com Daniela Dinard, diretora do CMT; Adriana de Vitta, diretora do Freud Cidadão, e Selma Pau Brasil, da TyA Rio, em que foram discutidos muitos dos impasses sobre os assuntos de família no discurso toxicômano, com grande entusiasmo de todos os participantes. O evento lotou o auditório, necessitando utilizar a transmissão em outra sala.

Foi um evento extremamente interessante e produtivo e promotor de um amplo debate de questões muito importantes para a clínica lacaniana.

 

 

TOXICOMANIAS E ALCOOLISMO (TyA-Rio)

Coordenação: Ana Martha Wilson Maia e Selma Pau Brasil

Periodicidade e horário: Primeiras e terceiras terças-feiras do mês, às 19h30

Início: 21 de março

Seguindo a direção da rede Una do TyA Brasil, o Núcleo de Pesquisas  organizou o Programa em torno do tema das psicoses ordinárias, visando a relação do corpo falante com as toxicomanias e alcoolismos.

Conversações com os Núcleos que constituem a rede serão realizadas para avançarmos na pesquisa e estreitarmos laços de trabalho.

Nosso primeiro encontro deste ano será no dia 21 de março.

Até lá!

Ana Martha Wilson Maia e Selma Pau Brasil

Bibliografia inicial:

MILLER, JA. La psicosis ordinária. Buenos Aires: Paidós. 2006.

BRODSKY, G. Loucuras discretas: um seminário sobre as chamadas psicoses ordinárias. Belo Horizonte: Scriptum Livros. 2011.

Pharmakon Online, vol 2. Especificidade da Toxicomania. Rede TyA Brasil do Campo Freudiano. Novembro/2016.

ZAPATA, EF. Usos del cuerpo en las toxicomanías en la época del parlêtre – un ejercicio epistémico. Buenos Aires: Grama Ediciones. 2016.